jornalista1

PCCE cumpre mandado de busca e apreensão em casa de PM suspeito de ameaça - Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social

 Uma ação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio do Departamento de Polícia Judiciária do Interior Norte (DPJI Norte), foi deflagrada, na manhã desta terça-feira (03), visando o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na residência de um soldado da Polícia Militar do Ceará (PMCE), no Parque São João no bairro Canidezinho, na Área Integrada de Segurança 09 (AIS 09) de Fortaleza.

O policial militar é suspeito de enviar mensagens contendo ameaças direcionadas a uma jornalista que atua na cidade de Itapipoca, na Área Integrada de Segurança 17 (AIS 17) do Estado. As ameaças foram enviadas ao celular da vítima, durante a paralisação realizada por parte de policiais militares na última semana. A jornalista registrou a ocorrência, no último dia 26, na Delegacia Regional de Itapipoca que iniciou as investigações, apoiadas pelo Departamento de Inteligência Policial da PCCE. Os policiais civis descobriram a origem das mensagens e solicitaram o mandado de busca e apreensão, que foi cumprido hoje. O celular, modelo samsung J5, utilizado para enviar as mensagens para a vítima estava na residência do alvo e foi apreendido. O aparelho passará por perícia.

O suspeito foi conduzido para uma delegacia em Fortaleza, onde prestou depoimento. Todo o material apurado na diligência realizada hoje será encaminhado para a Delegacia de Itapipoca que dará continuidade ao procedimento já instaurado lá.

O caso

A vítima registrou um boletim de ocorrência em Itapipoca, no último dia 26 de fevereiro, após ter áudios seus – que continham críticas referente a paralisação realizada por parte de policiais militares –, o número do seu contato e fotos pessoais divulgados em grupos de um aplicativo de mensagens instantâneas. Após a divulgação, a jornalista passou a receber diversas ameaças, entre elas, algumas oriundas do aparelho celular apreendido hoje. Nas mensagens, o suspeito se passava como integrante de uma organização criminosa e afirmava que cometeriam um atentado contra a residência da mulher e contra a própria vítima. O suspeito citou ainda o fato da vítima ter registrado a ocorrência na delegacia de Itapipoca e uma equipe de policiais civis terem comparecido a residência dela: “pede o delegado para colocar uma vtr na tua casa 24 horas (sic)”. O caso segue em investigação.

O que diz a lei

Ameaça – Artigo 147 do Código Penal – Consiste no ato de ameaçar alguém, por palavras, gestos ou outros meios, de lhe causar mal injusto e grave. Pena: detenção, de um a seis meses, ou multa.

Fonte: SSDPS.CE.GOV.BR

Comentar

vetenuo

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

bannerdisponivel

Impakto nas Redes Sociais

                                   

 

blogimpakto  acervo         jornalismoinvestigativo

Desenvolvido por: ClauBarros Web